terça-feira, 29 de maio de 2007

A Firma (motivo 1 para estar a tanto tempo sem escrever no blog)

Ando trabalhando muito, sem tempo para escrever no blog, ando estressada e ocupada demais e conseqüentemente, de saco cheio do trabalho querendo sair o mais rápido possível.
Mas, descobri que aqui na “firma” eles são os traficantes e nós (funcionários) os viciados.
Sempre que queremos largar o vício e dizer: - Para mim chega disso, não quero mais, vou fazer malabaris no sinal! Eles, a firma, te dão mais um pouquinho da droga deles e você fica extasiada de sonhos, emoções e tudo volta ao normal na sua vida.
Semana de profundo mal humor no trabalho e no domingo vou ao show do Nando Reis e percebo, puxa, o que eu faço é legal! Eu ajudo, bem pouco, mas ajudo para isso acontecer…
Enfim, não sou viciada em trabalho, mas sou viciada no que faço e nesta “firma”. Isso é errado?

7 comentários:

Kel disse...

(Olha quem tá de volta a ler isso aqui?)
Claro que isso não é errado, levando em consideraçao que é uma "firma" que produz sonhos, e nós, temos esse defeitinho né? Acreditamos demais em sonhos...rs
Bjos sweety ! amo-te

Nana disse...

Oi! Nem me lembro mais onde foi que eu achei um link pro seu blogue. Abri, li e gostei muito.
Se a firma te der um tempinho, vai lá olhar o meu: http://naoautorizada.blogspot.com/
Beijo

Gastón disse...

É, eles colocam uma cenoura na frente e outra atrás... é sempre assim.

Pinho disse...

Complicado Re, pois afinal, o bom é sempre ser o traficante e nao o viciado rs
bjs

Re disse...

Kel, De volta ao meu blog... quanta emoção... é acreditamos em sonhos e por isso vivemos assim... ferradas... bjs linda de sua sweet

Nana, bem vinda, volte sempre, e estou indo para seu blog... curiosidade mata! bjs

Gastón, que definição meiga.... e verdadeira hahaha bjs

Re disse...

Pinho, verdade... pelo menos o traficante ganha dinheiro.... já o viciado... bjs

Ana disse...

Acho que chega uma hora em que vc tem que pensar que o vício é bom, dá aquela sensação boa...mas o estrago é muito grande. E pensar se realmente vale a pena continuar assim...
Beijos!