segunda-feira, 19 de janeiro de 2009

Adorava quando o ano só começava depois da primeira redação do ano “minhas férias”. Por isso vou começar este ano assim:

Minha férias
Chegar em Recife é sempre uma alegria, já no avião, imigrantes-retirantes saudosos cantam um frevinho “Voltei Recife foi a saudade que me trouxe pelo braço…” Ainda no aeroporto me divirto com uma mulher na esteira da mala. Ela ficava na minha frente meio em posição de goleira pegando todas as malas pretas que passavam pela esteira e depois devolvia e dizia: “Oxe não é a minha” e de novo pegava a mala me empurrando e dizia: “Oxe não é a minha ainda” acho que ela pensava que se ela deixasse a mala dela passar, ela nunca mais voltaria e se perderia para sempre.
Depois da esteira veio a saga do orelhão. Eu estava na porta do banheiro por perto, quando vejo uma reunião de cúpula em volta do telefone seguida da pergunta: “Oxe, sempre ligo de lá pra cá, como ligo de cá pra cá?” E os outros integrantes da família em volta tentando resolver o enigma da ligação de “cá pra cá”.
Um dia, na praia de Porto, eu e Fuka estávamos tomando um solzinho quando a família ao lado composta por avós, pais, tios e crianças, resolvem comprar picolé. Todos compram, o sorveteiro ficou feliz, vendeu uns 15 picolés só ali. A alegria da família era tão grande que pedem para o sorveteiro fotografá-los. Todos de pé. Com picolé na mão. Sorrindo. Esta é uma foto que eu queria ter feito e guardado para mim.
Teve também o bêbado desaparecido. Uma noite em casa todos vão para a rua, pois estava muito barulho e logo se espalhou a notícia de que um homem bêbado tinha se perdido no mar, todos os moradores ficaram pela praia buscando o homem, eis que depois de muita busca, ele aparece sequinho da silva, andando pela rua, a família dele chorando, o pai dele aos prantos. A rua toda se deu as mãos e rezaram uma “ave-maria” em volta dele.
Imaginei hoje aqui de volta ao caos, a família revelando aquela foto (sim, a máquina era de filme) e relembrando o dia em que o dinheiro deu para todos tomarem picolé ao mesmo tempo, imagino a alegria da outra família no aeroporto descobrindo como liga de “cá pra cá” e imaginando se alguém contou para a mulher que a mala fica na esteira rodando, ela não entra ali pela cortina e some de vez. Imagino que explicação o bêbado deu para a família para na verdade ter se perdido na rua e não ter se afogado no mar como todos achavam. E isto, estas histórias, estas pessoas, valem umas férias, voltar para São Paulo e ver quanta coisa da vida perdemos, quantos sorvetes não valorizamos, quanta coisa sabemos e não ensinamos, quantos porres tomamos sem ninguém orar por nós.
Só sei que a vida pode ser boa e simples.
As férias foram perfeitas sem nenhum dia de chuva. O que mais posso querer?

27 comentários:

Paula Nigro disse...

Imagino o quanto ficaria triste se você parasse de escrever tão gostoso assim. Viajei prá Recife junto com você neste post e imaginei por quantos "clowns" você cruzou pelo caminho e não percebeu. Entende quando falo que você não precisa ter medo de palhaço? (por favor, esta palavra aqui não tem sentido pejorativo).
A vida é feita dessas pessoas, personagens cômicos, palhaços quase-assumidos e também de observadores sensíveis como você.
Lindo post!
Que bom que voltou. Se demorasse mais um pouquinho, iria até lá te buscar.
Beijos e mais beijos.

Lilian Dalledone disse...

Que delícia de texto! E que bom que você conseguiu ver a poesia da ida ao seu redor durante as férias. Porque isso nos faz tããão mais felizes, né?...
Senti sua falta por aqui!
Beijos!

Jacque disse...

Ahhh que post lindo!
Que delicia!
Saudade de te ler :-)

Seja bem vinda de volta.

Sim...a vida pode ser assim...simples e bela. Nós é que andamos tao paressados que nem notamos as "maravilhas" desse mundo tão divertido.
Bjosss

Cláudia disse...

Eba! Você voltou! Pelo visto as férias foram deliciosas. E o Fuka, fez muita manha?
E a cachorrada que ficou aqui, como reagiu à sua volta pra casa?
A Cindy ficou sozinha no ano novo e adoeceu, parou de fazer cocô, tive de internar pra poder tirar... culpa, culpa cuuuulpaaaaa!
beijo

Denise do Egito disse...

Ah, que delícia essas história. Adorei o "sequinho da silva". Não lembrava mais dessa expressão "da silva". Claro que a vida pode ser simples. Tomar picolé com a família na praia é tudo!
Beijocas saudosas

Denise do Egito disse...

Ah, depois passa nas últimas postagens do Papo Calcinha: há coisinhas te esperando...

Re disse...

Paulete,
Verdade... muitos palhaços cruzaram meu caminho...rs Iria me buscar nada, iria mandar instalar uma net na praia para mim....rs
beijo e saudades

lilian,
Obrigada! Muito obrigada mesmo.
beijo

Jacque,
Verdade, o mundo é divertido precisamos lembrar de olha-lo assim.
beijo e obrigada

Clau,
E a Cindy está melhor? Que medo, tadinha!!!!
O Fuka tremeu todinho de emoção quando me viu e ficou 17 dias grudado comigo, ele nem dormia com medo de me perder tadinho... Aproveitei ele mais que aproveitei o meu marido...rs A Teka e o Ze, ah! Ficaram num hotel 5 estrelas com piscina, gramado e cama confortável... Eles estão mais tristes com a minha volta....rs
Saudades de vc. Melhoras para a Cindy.
beijo

Denise,
Lá no Nordeste a gente relembra expressões do tempo do onça.... rsrsr está é velha também...rs
beijo
Re

Anônimo disse...

Que gostoso poder te ler novamente... você é a minha "Jô"... não vou pra cama sem...
Rê, mas é isso aí... Porto faz jus ao nome. É o porto de todas as culturas, etnias, crenças e "palhaços"! Isso é que a faz especial. Nossa terra é riquíssima em cultura e diversidades de todos os tipos. Os sotaques diferem até de cidade para cidade, por incrível que pareça.
Você já ouviu alguma poesia do nosso Jessier Quirino? Vou te mandar os CD's dele e aí você vai ver o que é uma alma nordestina na expressão da palavra.
Todos que compraram sorvetes, todos que tiraram fotos reveláveis, todos que oraram a ave-maria e todos os visitantes, assim como você, irão fazer muita falta e Porto terá que esperar o próximo verão para ser o cenário desses cotidianos mágicos da vida.
Beijo grande pra você, minha querida. Vai fazer muita falta por aqui.

Cássia Cordeiro
Recife/Porto de Galinhas

D.Ramírez disse...

Texto muito bom, hostorias que so vemos em outros lugares e nao aqui (se bem que dizem ter causos em rodoviaria tiete, nao conheço) e retorno expressivo.
Seja rebenvinda a Sun Paulu..rs
vc nao esqueceu como ligar de ca pra ca nao né?

Feliz Ano Nove pra vc tbm!!!!

Besos

Re disse...

Oi Cássia,
Antes das próximas férias estou de volta para as férias sem prazo... Me aguarde.
beijos e cuide da minha terra

D. ramirez,
Ainda lembro como liga de cá pra cá...rs
beijo
Re

Anônimo disse...

OBAAAAAA!!!!!!!!
Não vejo a hora dessa hora chegar! Eu já estarei indo pra lá em Abril... vou indo preparar o terreno pra te aguardar. Pode deixar que vou tomar conta direitinho e preparando tudo pra sua chegada.
PORTO NOS AGUARDA!
Aquilo lá tá bombando!!! você mesma presenciou!! já estão duplicando as vias de acesso, irão construir uma ponte que vai ligar Barra de Jangada, em Jaboatão, até o complexo portuário de Suape, encurtando ainda mais o caminho.
Eventos não faltarão para você, viu? O Fliporto já é uma tradição e traz artistas internacionais renomados, poetas, escritores... pura cultura! Não é à toa que temos 5 Resorts e quase 80 pousadas!!!
Acho que chegaremos no momento certo. Não podemos ficar de fora dessa ebulição econômica e cultural!
Não sei se você sabe, mas aquela área enorme que pertencia ao governo do Estado, bem na beira mar, próximo a Maracaípe, sabe... foi vendida a um grupo português e dentro em breve, serão construídos mais Resorts dentro desta área, parque aquático, shoppings centers, praças de alimentação, lazer, galerias com salões de beleza, pet shops, cinemas, teatro, enfim...
Vamo que vamo!!!
Beijo minha linda!
Fica com Deus.

Cássia Cordeiro
Recife/Porto de Galinhas

• keL • disse...

Sweety,

Quando voltar para cá me manda um e-mail, tá? Vamos marcar um passeio com a cachorrada, ou mais um jantar das estrelas, pode ser?
Divirta-se ai minha linda, aproveita!!!
amoooo
Kel Vanel

Barbara Góes disse...

adorei o post..
adorava fazer isso quando criança. Escrever uma situação vivida, uma situação boa..
sem qualquer tipo de obrigação!

:D

drika disse...

que alguém dessa família tenha orkut e scanner e de repente vc se depare com a foto!
eheheheheh
bem vinda de volta!
um beijo.

Re disse...

Kel,
Estou em Sp sua louquinha....
Saudades
Sweet

Bárbara, Por obrigação perde a graça.... rs
beijo

Drika,
Seria o máximo, imagina.... rs
Obrigada
beijo
Re

Isa disse...

ÊÊÊÊÊ!!! Tá de volta!
Bem vinda e não nos abandone por tanto tempo...rsrs...
bjs

isaBela araújo silvA disse...

voltou com a corda toda. adorei!
senti saudade de vc por aqui.

ANNA disse...

Bem vinda a 2009.
Saudade do contato virtual quase que diário.
Beijo

MH disse...

Que delícia de férias! Saudades dessas redações, mas acho que eu nem teria muito que contar, já que nem tive férias... rs

bem-vinda de volta! e feliz 2009

beijo!

Zagaia disse...

Ai que lindo sua safada!! Nenhum dia de chuva... Férias é bom por isso né? Porque cada sorvete é valozido, porque cada partezinha é emocionante... Olhos rasos d'agua meus amor... Bjos

PS: eu tb escrevi um post chamado minhas férias com o mesmo enunciado em 2006. Vai lá ver:
http://quepartevoceperdeu.blogspot.com/2006/11/minhas-frias-foi-nas-redaes-da-escola.html

Re disse...

Isa,
prometo abandonar menos...rs
beijo

Isabela,
Obrigada, senti falta de ler vc tb.
beijo

Anna,
Obrigada, este contato diário vicia, né?
beijo

MH,
Obrigada!!!
beijo

Zagaia,
Amigo, fico tão feliz em ver vc por perto do mundo virtual de novo... Meu escritor de blogs preferido!!! beijo
Re

Carol Bernardo disse...

Re,
Q maravilha suas férias, pelo visto vai render vários posts.
Ai ai, pelo jeito vc deve estar negra... Rs!
Bjs :)

vivi disse...

Que bom que vc voltou, Rê!
è um prazer te ler!

Escreve um livro, vai!
Beijos
bom ano!
vivi

Dedinhos Nervosos disse...

Oláááá!!! Nossa! Li sua "redação" ontem à noite e só agora tive tempo de escrever tb e já tem esse montão de comentários". Delícia, né?

Ai, Rê, eu amava as redações sobre "As minhas férias" e que delícia poder ler sobre as suas.

É sempre bom perceber a riqueza que é encontrar personagens como essas pelo caminho. Ainda mais quando se viaja com a família. É sempre uma comédia. :o)

Olha, sei que vc gosta mesmo é de revelar suas fotos, mas vc tem q dar 1 jeito de arrumar uma camera digital ou começar a scaniar! 1 lugar como Porto e férias como as suas merecem ser vistas tb.

Bjos e saudades das suas letrinhas.

Re disse...

Carol,
Nêga eu tava.... mas comecei a achar que estou desbotando... droga!
beijo

Vivi,
Imagina eu com um livro? Ah! isso seria um sonho!!!
beijo

Dedinhos,
A meaquina de filme não era minha... tsctsctsc, lê de novo....rsrsrsr
Saudades de vc! Minha Madonna.
beijo
Re

ANNA disse...

Que delícia, Re!
Como é bom observar as outras pessoas e pegar coisinhas simples para a nossa vida como fotografar um momento "picolé"!

Welcome back!

Beijos

Dani disse...

Tá legal!

As férias foram ótimas.
Nada de chuva.

Mas foi um abandono. Quase todos os dias eu esquecia, e quando percebia lá estava eu, tentando desbravar sua página sem um postzinho novo...era tão frustante.

Espero que tenha curtido pra caramba, e que esteja de volta mais inspirada do que nunca...

Bjsu