quarta-feira, 25 de outubro de 2006

O sapo não lava o pé…

Estou no trabalho em um dia de tédio profundo, total e absoluto, sem nada para fazer, nada para pensar e muito menos para criar.
Começo a contar para a Ingrid como se faz papel reciclado, todas as etapas detalhadas e demonstradas, vejo ao meu lado a Kelly falando durante uns 40 minutos com a irmã dela, eu mesma já havia ligado para toda a minha família e quando falo com meu pai ele me pergunta:
- Filha, qual o consumo de água do seu prédio? Não. Por volume. E quantos moradores moram lá? Não, não quantos apartamentos, quantas pessoas… horas no telefone.
Enfim, olho para a Ana e ela buscando curiosidades na net.
O Pablo comenta: - Hoje no shopping me deu vontade de sair correndo, assim dando voltas sem parar. Porque ele falou isso? Eu não sei.
O João ligou para saber quanto custa um jazigo famíliar e veio nos contar indignado que custa R$ 12 mil. E ainda descobriu que doador de órgãos paga menos. E diz: - Morrer está pela hora da morte.
Ligo para minha mãe ela me conta que meu pai foi ao médico hoje com um pé de sapato e outro de sandália, rimos um pouco.
Desligo o telefone e ouço alguém bem baixinho: - Canta com a mamãe, o sapo não lava o pé, não lava porque não quer… Era a Mari cantando com seu filho via telefone. E percebi, hoje é o dia mais tedioso da minha vida em 30 anos, ou melhor da vida de todos nós.

5 comentários:

• kel • disse...

Ai....era mesmo o dia mais tedioso das nossas vidas hahahaha! ficou fantástico esse post sweety! Essa equipe é realmente da gang dos legais...

Pinho disse...

Imagina se a Claudia Raia descobre que vcs estao sem fazer nada rsrs
bjs

Anônimo disse...

Ah, que pena...
Eu tive um dia péssimo... mas agitado pelo menos...

Anônimo disse...

Po Re, assim o pessoal vai pensar que eu não trabalho, só fico na net....rs
Beijão. Adorei o post!!

Heleninha disse...

hsuaeheushueaheuauseheuhse
quero ter um trabalho assim!