segunda-feira, 8 de setembro de 2008

Sobre casamentos

Fui madrinha de um casamento na sexta-feira. Um casamento lindo de um jovem casal, tudo foi tão lindo que nem vou falar mal de nada. (milagre!)
Ops, quase nada. Uma coisa que me deixa intrigada: porque as pessoas acham que todos os convidados de um casamento são íntimos seus, como se fossem da família?
Cena: eu no toalete discreta, como sempre. Quando entra uma senhora visivelmente em um vestido 2 números menores que o manequim correspondente às suas medidas grandes, imensas. E me pede: "Lindinha, me ajuda a desamarrar esta cinta que estou usando e me espera para depois abotoa-la".
Se tivesse uma câmera por lá, veriam minha cara de "han?"
Como não sei falar não, nem para um poste, lá fui eu ajudá-la a desabotoar sua cinta para depois abotoar de novo. Me senti a empregada gorda de E o vento levou... amarrando o espartilho da mocinha. Que missão mais dificil, juro que até suei de ódio por não ter dito não. Existe coisa pior que tocar numa estranha e tentar colocar as banhas dentro de um negócio apertado, mas tão apertado, que achei que depois que conseguisse ela iria explodir pelos ares. Minha maquiagem derreteu.
Mas o que me intriga é, quem pede isso para uma total estranha?
Eu teria vergonha e jamais faria xixi para não ter que depois recolocar aquele negócio no corpo. Peraí, pára mundo. Porque eu ajudei? Nem dormi e nem voltei a enxergar depois daquilo.

34 comentários:

"a" MH disse...

francamente, quem é que pede isso?? ainda mais para uma estranha? créééééédo! quando a situação é grave assim, ela que pedisse pra uma amiga íntima, filha ou irmã pra ir junto com ela no banheiro... e se não tivesse ninguém lá? será que ela ia achar a faxineira pra ajudar??

argh, odeio minha imaginação vívida, fico imaginando a cena... grotesco!

Pinho disse...

sim, existe coisa pior.
Outro dia, no vestiário da academia, um cara que nunca tinha visto na vida, veio me perguntar se a sunguinha do Gabeira dele, estava muito pequena.
Claro que estava, mas pq diabos me perguntar isso????
Quem pergunta isso num vestiario??
Coisinha de boiola

Re disse...

a MH,
Pois é, o mesmo que pensei... e pq não disse não?
Pq?
rs
beijo

Pinho,
Era cantada!!!!! Será que a gordinha estava me cantando tb?rsrsrsr
beijo
Re

ANNA disse...

Só vc mesmo para fazer uma coisa dessas!
Será que não tinha uma câmera escondida do Silvio Santos, para o Topa tudo por dinheiro, onde a pessoa da platéia tem que acertar quantas pessoas vão topar a pegadinha?

Re disse...

Ai, Anna.... aposto que vou aparecer no sbt.... aposto!
E a caravana de Osasco vai ganhar dinheiro rindo de mim... rsrsrs
beijo
Re

Ana disse...

Pq vc tinha que mencionar a caravana de OSASCO hein? É pessoal?

Agora fala sério...velha gorda e sem noção ninguem merece.

Gabriel disse...

Re,
Vc estava de salto pelo menos?? hehe
Saudade, figura!
bj,
Eu

Dani disse...

Afee...

De gorduras já bastam as minhas

Bjus

Dedinhos Nervosos disse...

Gente, pq a gorda não chamou uma amiga pra ir com ela? Se a pessoa usa uma cinta é pra ninguém ver que tem gorduras presas ali, né? Sem noção! hahaha
Bjos!

Re disse...

Ana,
Meu sonho é ir no programa Silvio Santos na Caravana de Osasco... rs vc podia agitar para mim, né?
Saudades de vc!!!
beijo

Gabriel,
Saudades tb... Por onde vc anda?
Tava de salto sim, e desta vez, não pisei na barra do vestido deixando partes íntimas a mostra....
beijo

Dani,
Eu como estou fora do shape, fui no vestido larguinho e charmoso. Digno! Afe, mesmo....rs
beijo

Dedinhos,
Eu não sei.... Vai ver ela não tinha amigas. Ou falou para as amigas que não usava cinta. rs
beijo
Re

isaBela araújo silvA disse...

to morrendo de rir sozinha aqui até agora... rindo da situação e de como "ficamos" depois... e digo ficamos pq sou exatamente assim, e a pergunta continua... pq vc disse sim?
kkkkkkk.

Déa disse...

A pergunta é essa mesmo: por que ajudou???? De mim teria recebido um lindo "Não, não posso ajudar!". E se insistisse receberia um bom "porque eu não quero ajudar."!

É. A minha franqueza as vezes beira a falta de educação... Eu ne contenho, mas fica dificil as vezes. Por exemplo, no seu caso, não venha me dizer que essa criatura que te abordou fosse das mais educadas não é?
Rss

Cheguei aqui pelo blog "Garotas de Vinte e Poucos". Mas já apssei dos 30 e acho que vou me identificar muito mais com seus textos, que são ótimos. Parabéns.

beijos

Isa disse...

Tinham dois ou mais níveis de colchete? Se fosse vc colocaria no último para que a folgada passasse o resto da festa sem respirar!!!
Falo pra Dani, bonzinho só se ferra mesmo...rsrs...Vamos mentalizar o NÃO para as próximas enrascadas...NÃÃÃÃÃUUUUUUUMMMMMMMM....
bjus

Re disse...

Isabela,
Porque eu disse sim? Me pergunto até agora porque eu não aprendo a dizer não e porque sorrio para senhoras estranhas no banheiro....rs
beijo

Dea,
Vou aprender. Juro que vou!
Seja bem vinda. Espero que goste do blog.
beijo

Isa,
Se eu tentasse ir para o nivel master do colchete, estava lá até agora....rs
Treinando: Não, não, não...
beijo
Re

Denise do Egito disse...

Eu não acho que você agiu mal. Você foi até elegante. Eu também ajudaria pois ficaria sem jeito de negar um favor a uma pessoa amiga do jovem casal de noivos. Acho que totalmente errada foi ela em lhe pedir esse "aluguel" (isso foi um aluguel e não um favor). No mínimo, essa senhora deveria ter pedido a uma pessoa conhecida dela.
Enfim... Passamos por cada coisa, né, não? ;-)
Um beijo

R. disse...

Que folgada....q horror, to imaginando a cena...eu dificilmente falaria não tb....

LindaRê disse...

uhauhauhauha
não sei pq vc ajudou... mas eu tb teria vergonha...
bjs

Anônimo disse...

HIHIHIHI!
Vc compartilhou um momento bemm íntimo com a senhoura, não, Rê?
sabe, tb tenho dificuldade pra dizer não e isso me põe numas enrascadas, menina....
Beijão
vivi

Cláudia disse...

Eu quase parei de ler o post no primeiro parágrafo, quando voce disse que nao ia falar mal de nada... rs
beijo

Re disse...

Denise,
Passamos por coisas que faz duvidar da existência de sanidade....rs
beijo

R.,
Aprendi que não posso ser fina.... Vou aprender a ser grossa.... rs
beijo

LindaRê,
Vc tb não falaria não, ainda mais para uma gordinha de vestido verde....rs
beijo

Vivi,
Somos todas bom coração...E pagamos por isso, nem que seja virando Alice Coper com a maquiagem escorrendo depois de fazer força para colocar banhas alheias nas cintas...rs
beijo

Clau,
Vc me conhece, né? Se eu não criticar algo.... o blog perde a graça. A vida então....
beijos
Re

Malaguetta disse...

ainda bem que sei dizer não,francamente,quem pedee isso?[2]

Re disse...

Pimentinha,
Ainda bem, viu? Vou aprender. Juro!!!!
rs
beijo
Re

Lucy in the Sky with Diamounds disse...

Huahuahua!! Amei o teu blog!!! Vou te linkar, posso?
Bjos

Carol disse...

Simplismente adoreiiiii o blog muito mesmo, já ri muito lendo e já chorei também de desligar o computador pra dormir mas continuar chorando!!!
Escreve muito bem até mesmo as histórias que não são tão felizes!!
Parabens
bjusss

Fernanda Pereira disse...

Ai Rê, eu tô torta de rir aqui...rs
Imaginei a velha gorducha e vc com os pés nas costas dela tentando fechar a diaba da cinta que do vestido que não eram do tamanho dela...ahahahaah
Huummm, mas pensando bem, acho que eu, idiotamente, também diria sim....Afinal a gente acaba nunca desconfiando que é algum tipo de "Missão Imporssível" ajudar alguém, né?
ahahahahahahaha

ANNA disse...

O mais legal seria ter dito sim, e ao ver que a dificuldade para fechar era grande, após algumas tentativas dizer:
- Sinto muito, senhora, mas acho que não vai fechar não. Eu não consigo! Melhor a senhora pedir ajuda a outra pessoa!
Sair e deixá-la no banheiro com os seus colchetes!
Hahahaha, aí eu duvido que ela pedisse isso a uma estranha na próxima vez!
Beijo
(urb)Anna

Re disse...

Lucy,
Obrigada!
Pode linkar sim, lógico!
Vou conhecer o seu agora....
beijo

Carol,
Nossa! Muito obrigada pelo carinho. Isso me faz acreditar que este blog tem algum sentido...rs
beijo e volte sempre

Fernanda,
Eu sei que nós mulheres nascemos para ser solicitas e nos ajudar. Por isso dizemos SIM!
Mas agora vou avaliar o grau de perigo antes do sim...
beijo

urbANNA,
Porque não pensei nisso antes da minha maquiagem derreter....ia ser incrível! rsrsrsr
beijo
Re

digoman disse...

HAHAHA, adorooooooooo reeeeeeeee,
Vc e C-A-G-A-D-A, como eu.
Eu ja passei por situacao quase parecisa, salvo o genero da pessoa e o probleminha dela, haha. Uma vez um menino incrivel e bem apessoado virou pra mim no mictorio da faculdade e perguntou; vc acha meu pinto muito pequeno? E eu,que, e comigo? Ele e, desculpe eus ei q a pergunta e estranha, mas to encanado pq minha namorada anda reclamando. Eu sorri, olhei o brinquedo do moco de novo, dei-lhe um tapinha nas costas e disse:
-moco, o problema nao ta no seu pinto nao, q e bem bacana por sinal(haha) e sim na sua namo; troca de mina q ta tudo resolvido.
Fui embora e fiquei imaginando.....mulheres juntas no banheiro devem ser anos-luz mais divertidas, ne nao? haha

Ariane disse...

Cara, eu me racho de rir das coisas que vc escreve!
E as pessoas do meu trampo não entendem nada e me olham estranho!
Saudades!
bjs

isaBela araújo silvA disse...

qdo eu crescer quero ser igual à vc... assim cheia de comentários nos meus posts... rsrsr.
e quantas isas na sua vida tbm hein!
beijo e bom final de semana!

Re disse...

Digo,
Sem comentários. Voto em banheiros indivuais... para sempre! rsrsrs
beijo

Ari,
Só mantendo o bom humor a vida flui, né? rsrsrs
Saudades de vc! MUITA!
beijo

Ai, Isabela,
Até parece.... rs
Isas? Só 2... Mas 2 lindas!
Bom final de semana.
beijo
Re

ranuzia disse...

hahahahah...amei essa história...é assim mesmo...amei seu blog...me identifiquei muito com ele

J@cque disse...

kaakaka

Essas coisas realmente acontecem com você??
Jura???

Como assim...espera eu fazer xixi?!?!?!

Que mundo é esse meu Deus!??rsss

É nesse momento que eu dou graças a Deus por só ter amigas encalhadas!! Faz tempooooooooo que não vou à casamentos! rs

Bjo

Mulher Solteira disse...

HAHAHAHAHAHAHAHHAHAHAHA!!!

Ai, Rê... eu não sei como posso ficar tanto tempo sem vir aqui... O seu blog é um antídoto à melancolia!

"Ô, dona Scarlet..." Huahuahuah só você para resgatar a empregada gorda de "E o vento levou..."...

kikikikiki...