quarta-feira, 18 de março de 2009

Porque minha mãe berrou tanto comigo?


Um dia, a noite, do nada, vejo minha mãe berrando porque algo sumiu. E ela começou a gesticular e falar alto comigo como se eu entendesse alguma coisa, mas fiz a minha cara de “sou fofa” e continuei no sofá suspirando. Afinal ela não falou a palavra bolinha nem papar, então eu não tinha motivos para levantar.
De repente ela pegou o telefone e ligou para aquele Doutor charmoso que eu vou às vezes. O Doutor me chama de Scooby Doo. Gosto dele. Mas não sei porque ela começou a chorar e depois pegou a bolsa e tentou me tirar do sofá. Percebi que era importante para ela que eu me mexesse, ou fingisse que me importo com ela, afinal, ela é legal quando não está surtando.
Quando resolvi me levantar sozinha, ela pegou as minhas chaves que estavam embaixo de mim e ria, chorava, me beijava tudo ao mesmo tempo. Achei que eu fosse ganhar um petisco, afinal fiz algo muito legal e ela ficou feliz. Não sei o que foi, mas sei que ela pegou o telefone e ligou de novo para o Doutor charmoso que me chama de Scooby e sorriu.
Gosto dela sorrindo, pelo menos não estava me sacudindo.
Mas não entendi porque não ganhei um petisco se eu fiz algo tão legal para ela. Talvez eu devesse voltar para o sofá.
(versão da PTK a pedido da Adri)

25 comentários:

Pri... disse...

Ai q fofa essa versão... Morri de rir com a sua e fiquei aqui imaginando a "cã" contar a dela. E o sufoco q vc deve ter passado... Animal é criança travessa q faz a gente derreter. Bjos pra vc e pra PTK.

Fernanda Pereira disse...

Certamente é a mais fidedigna e centrada das duas...ahahahahaha

Beijos

Re disse...

Pri,
Obrigada, Mando os beijos para a minha mãe....rs
beijo

Fernanda,
Sei que minha mãe tem muito que aprender comigo...
beijos
PTK

Cláudia disse...

PTK
não acredito que, depois de você ter emprestado seu brinquedo pra ela (as chaves) sem ela nem mesmo pedir - pelo que entendi, ela saiu pegando - você não ganhou nem mesmo um biscoitinho!
Acho isso de uma maldade sem fim.
Logo você, que faz cara de fofa como ninguém...
Da próxima, esconde num lugar onde ela não encontre tão facilmente. Aí, quando ela estiver bem desesperada, você aparece com o objeto e tchã-nãn! vira a heroína do dia!
E quem sabe assim não ganha um petisquinho?
beijinhos
tia Cacá

Cláudia disse...

PTK
aqui em casa minha mãe também briga muito comigo sem motivo. É Cindy! pra cá, Cindy! pra lá... eu não faço nada demais. Só porque eu cavuco a jardineira, só porque eu fuço o lixo, só porque eu brinco de afiar minhas unhas embaixo da cama dela, só porque eu tiro da caixinha todos os sacos que ela guarda pra por lixo, só porque eu derrubo algumas coisinhas quando eu pulo em cima da mesinha...
ufa!
não é fácil ser bichinho de estimação dessas doidas estressadas, viu?
ronrons da
Cindy Quebra-Barraco

Malaguetta disse...

adorei a versão *-*

Re disse...

Tia Cacá,
Vou sumir com o celular dela, quero ver ela não me dar um biscoitinho depois....rs
valeu pela dica....
beijo

Cindy,
Sabe pq nossas mães são amigas? Pois são neuróticas iguais... Depois fazemos a mala e nos mudamos e elas vão ficar chorando...
Afe....
beijo

Malaqueta,
Obrigada
beijo
PTK

Paula Nigro disse...

Lambidas para PTK, tão poeta...
Beijos para a mãe chorona.
E uma lambida para o Dr. charmoso. Passe o telefone dele para mim, que vou levar a cadela que existe dentro de mim em seu consultório ... hahahaahahahaha!!!!

Ana disse...

Judiera Tekinha... imagine o que a Ninoca pensou quando eu a levei para tirar raio X, ultrassom, chorando desesperada e ela não tinha comido o brinco que eu imaginei que ela tivesse comido...hehe

Virgínia disse...

A Brisa mandou avisar que se solidaria coma PTK e com a Cindy-quebra-barraco. Disse que não entende o por quê de tudo ser "culpa delas"! Recado dado! ;)

Jacque disse...

Gostei da PTK me pareceu mais centrada que a dona. rss

Morri de rir.
E adorei claro!

A propósito me apresenta o veterinário??

Adri disse...

Amei!
E obrigada pela sua visita!!! Também amei! :-) bjs

isaBela araújo silvA disse...

adorei muito.
não sei qual das duas é melhor, talvez a da PTK... hehehe.

isaBela araújo silvA disse...

adorei muito.
não sei qual das duas é melhor, talvez a da PTK... hehehe.

Cláudia disse...

o vet charmosão é aqui da roça, vizinha?

Re disse...

Paulete,
O Doutor charmoso faz parte do meu sonho secreto de ser veterinária. Quando eu for humana. Ele é a versão XY de minha mãe....rs
beijo

Ana,
A sua foi bem pior... Como vcs mulheres são neuróticas!!!!
rsrsrsr
beijo

Brisa,
Muito prazer em conhece0la, afinal precisamos nos unir neste mundo de humanos estranhos...
beijo

Jacque,
Doutor Fabio fica escondido nos sonhos de minha mãe que acha que um dia se ela se separar de papai, vai casar com ele... Tadinha... rs
beijo

Adri,
Obrigada. Vc que me deu coragem de pegar o computador da minha mãe e escrever...
beijo

Isabela,
Eu sou melhor escritora que minha mãe, mas não espalha...
beijo

Clau,
O Doutor é lá da Vila Mascote, Doutor bom sempre tem consultório longe, mas ele é incrível... Adoramos ele (eu e o Zé), e a mamãe teme que o celular dele tenha sido trocado... rs Se quiser levar a Cindy lá, eu indico.
beijos e lambidas
PTK

Karlinha disse...

Ótima versão!
Tá vendo pq eu não quis mecher com clínica?Pra não ter que tirar o pijama 10:30 da noite pra ir operar sua cadela e não encontrar as chaves!kkkkk!
Beijos!

Lilian Dalledone disse...

Re, você se supera!!
Amei esse texto, sua versão canina da história tá impagável!!

Mil beijos.

ANNA disse...

É PTK, mas o importante é que ela é sua mãe e te ama muito né? O resto dá pra relevar!!!
Beijo,
urbAnna

Re disse...

Karlinha,
Vc está certa... Vai que arruma uma cliente chata como a minha mãe.... rs
beijo

Lilian,
Mamãe agradece... Ela não pode responder, pois este post é só meu.
beijos

urbANNA,
Verdade, viu? Senão fosse por isso ia morar com meu pai...rs
beijos
PTK

Dedinhos Nervosos disse...

PTK. Não fique assim. Minha irmã vive me sacudindo de um lado para o outro, me joga pra cima e eu até já vomitei nos pés dela por conta disso. Parente é assim msmo, meio louco. Mas são legais tb. Principalmente quando nos dão o que queremos. Força aí.
Kiko, a onça.

Flávia D. disse...

huahauahauahauah.... Pq tu não deu um petisco pra ela hein??=P
bjos

Flávia D. disse...

huahauahauahauah.... Pq tu não deu um petisco pra ela hein??=P
bjos

Nade disse...

Que versão!!!
Essa PTK deve ter muitas histórias para contar, heim! Imagina um blog com as histórias dela... seria muito fofo! Mas postadas aqui também torna o seu blog ainda mais charmoso!
Ontem foi o Dia do Blogueiro, mas eu estava ausente da blogosfera por causa dos compromissos do dia-a-dia e, por isso, não passei pra te dar os parabéns...
Posso dar hoje, então? Parabéns, minha querida! Que continuemos lendo os blogs um dos outros por muitos e muitos anos! Que continuemos tendo mais e mais inspiração para continuarmos escrevendo!
Que Deus te abençoe!
Bjs e bom fim de semana!

Mulher Solteira disse...

PTK,
comigo é assim também, sabia?
Acho o fim da picada a mamãe ficar brigando comigo quando mastigo o celular, a caneta e a presilha dela e o pendrive e os ingressos do show do iron maden do namorado da tia Henriette, que tá passando um tempo aqui em casa.
Ué, se essas coisas não foram feitas para ser mastigadas, então eu sou a rainha da Inglaterra!
Lambidas e solidariedade canina.
Mimi.