segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Dia cinza


O dia está cinza, nesta São Paulo, assim é mais fácil me despedir, pois adoro esta cidade com sol. Nos dias cinzas lembro que existe calor, existe sol, existe mar num lugar distante. Deixar esta São Paulo num dia cinza é fácil, fácil, fácil demais, o difícil é deixar as pessoas que moram dentro do dia cinza. Difícil é voltar a me sentir em casa numa cidade que não é cinza, não tem prédio, não tem o ar pesado daqui. Difícil vai ser acreditar que aquela vila distante vai me acolher e em breve chamarei de "lar".
É doído deixar algo que acostumamos, mesmo que caótica, a nos identificar. Reclamando do trânsito, sei que sentirei falta de pensar na vida enquanto fico parada na Berrini, sentirei falta do caos, da cidade que eu sempre disse que só existe, se entende e amamos, pois ela pulsa.
Pulsa num compasso de misturas e ideologias. Uma cidade que administra as diferenças, os desecontros, os desconfortos. Cidade que une, se choca e assim renasce, pulsando, batucando, se reinventando.
Adoro a São Paulo que pensa e sofre, e que da sua maneira torta de ser, acolhe. Sentirei falta de chamá-la de lar.

18 comentários:

ANNA disse...

Boa viagem, minha querida amiga!
Texto lindíssimo, como sempre.
Vá e leve na mala a saudade, a felicidade e toda a bagagem (que não deve ser pouca)que esta cidade de deu!
beijão
urbAnna

MH disse...

Uma bela homenagem a essa nossa cidade cinza...
Boa viagem e uma vida nova maravilhosa!
beijos

Paula Nigro disse...

Sniffffff!!!

Isa disse...

Ahhh...

:(

boa viagem!

bjs

Renatinha disse...

urbANNA,
Em breve diário de uma viagem.... rs
beijos

MH,
Obrigada... Vou ser concorrente da mc no blog de outro mundo, vou fazer de outro planeta.... rsrsrsr
beijos

Paulete,
Sumida...
beijo

Isa,
Obrigada... Se programe para o encontro de fevereiro, hein?
beijos
Re

Vivi disse...

Linda sua homenagem à nossa cinza São Paulo.
Mas, como nos acostumamos fácil, fácil às coisas boas da vida, aposto que logo, logo vc trocará os seus momentos de trânsito e que seguia um carro chique (post antigo), por, no máximo, uma areia quente de doer o pé e observar os turistas malucos que vc vai conhecer!
(Eles tb renderão ótimos posts, tenho certeza).
Ou seja, o colorido vc já tem! E sempre terá...!
Beijo carinhoso, Rê e boa viagemmm!!!!!!
(Tô ficando com saudades; apesar de só temos nos encontrado agora e como falei, em SP a gente naõ encontra os amigos toda hora, a sensação da 'lonjura' dá um negócio estranho no peito, naõ?!)

Virgínia disse...

Re! Toda a melhor sorte desse mundo nessa nova etapa! Logo, logo você esquece que é possível uma cidade faz tanto frio, que não tem vida melhor que acordar com o mar... Apesar de eu já estar de volta à metrópole, pelo menos daquelas coisas eu sinto falta! Bj

Pri... disse...

Lagriminhas...

Tô me identificando total com essa sua fase - que vivi há uns 3 anos...

Muita sorte! Seja feliz! Boa viagem!

Mulher Solteira disse...

Rê, vai com fé, tudo de bom!!!
Essa tristeza da partida é mais uma prova de que você está fincada na vida com a vontade de uma leoa!
Só quem sabe o que perde pode dar valor ao que ganha...
Um beijão, amiga!

Ana Paula Britto disse...

Olá Renata!
Logo, logo você vai se acostumar com as cores e o calor de Pernambuco.
Boa viagem, aproveite o gosto da mudança(que faz tão bem à alma!)e fiqeu com Deus.
Abraço.

Roberta disse...

é Re, "alguma coisa acontece no meu coração"... São Paulo pode ser cinza, mas deselegantemente, como diz o Caetano nos acolhe!

Boa sorte no seu novo céu azul que ao som de Djavan é a cor do amor!

beijos.

Dedinhos Nervosos disse...

Mesmo não passando mais de 10 dias aí, eu me sinto muito em casa quando estou em SP. Morro de saudades e tenho noção do quanto vc vai sentir saudades. Mas lembre-se que SP sempre vai te receber de braços abertos quando for visitante. Beijos e o sol te espera! :o)

Jacque disse...

Texto lindo!!

Boa viagem linda.
Que as boas lembranças de Sampa te tragam pra nos visitar de vez em quando.

Nos conte sempre tudo de bom que vc estará vivendo na vida nova.

Beijo grande.

Renatinha disse...

Vivi,
Que lindas palavras. Sabe que tb me sinto sua amiga de anos... Podíamos ter nos encontrado antes, hein? Vou sentir saudades, mas temos o msn...
beijo

Virgínia,
Tudo tem que ter o lado bom, né? O mar me espera em breve farei o diário de uma viagem...
beijos

Pri,
Vc que já viveu esta separação, sabe o que eu sinto, né?
beijos e obrigada pelo carinho

Cris,
Que lindo... vou me lembrar desta frase...
beijos

Ana Paula,
Obrigada, em breve este blog vai ter as cores de lá... rs
beijos

Roberta,
Vou ouvir mais Djavan apesar de adorar Caetano... rsrsrs
beijos

Dedinhos,
Te espero no carnaval!!!
beijos

Jacque,
Obrigada, em breve as histórias de uma loooonga viagem de carro... rs
beijos
Re

[ rod ] ® disse...

vou te confessar... eu fiz o caminho inverso... há 1 ano eu saí de Salvador e vim morar em São Paulo... e já me sinto tão integrado como quando em Brasília... é a vida e sei que serás feliz... bjs.

Renatinha disse...

Rod,
Baiano? Que delílica... São Paulo acolhe todos, mas suga tb, tudo tem seu preço...
Obrigada pelo carinho, estou sim, indo em busca da tão sonhada felicidade.
beijos
Re

Daniel Ribeiro disse...

Hoje estive na cidade cinza. Foi mto legal, produtivo e trouxe duas propostas muito legais de possíveis clientes.

Vc usa skype, msn, facebook, orkut, etc?

bjus

Renatinha disse...

Daniel,
O dia estava cinza como sempre? Mas Só que tem isso, sempre negócios, negócios, cliente tem para quem é competente... tenho certeza que vai "virar"...
Skype ainda não instalei, pois não sei... rsrsr
Mas tenho msn: cintrarenata@hotmail.com o orkut é Renatinha Cintra
beijos
Re