domingo, 27 de dezembro de 2009

Natal sem cara de Natal

Este Natal não teve cheiro de Natal, não teve cara de Natal, não tiveram rituais de Natal. Este ano o Natal pareceu um dia comum com troca de presentes, sorrisos simpáticos, pessoas amigas, mas não era Natal.
Natal tem que ter sapatinho no corredor, busca infinita por presentes perfeitos, parabéns para você no bolo para Jesus, Copacabana enfeitada, família reduzida... É, este ano não teve nada disso. Nem pareceu Natal. Nem chorei, nem teve a meia noite com o cumprimento feliz e sincero. Teve um brinde, uns abraços, algo estranho e diferente.
Foi bom. Foi um novo Natal que provavelmente veio junto com a nova vida. Foi um Natal onde o cheiro foi outro, o gosto foi outro e todas as novas cores deste Natal foram felizes e leves.
Continuo acreditando em Papai Noel e sei que ele me deu este Natal sem cara de Natal para ver que na vida tudo podemos mudar e nos adaptar e só cabe a nós nos abrirmos para coisas que podem ser diferentes e boas. Papai Noel não me deixou presentes no sapatinho, me deixou amor, saudades e muitas certezas, a principal delas é que na vida tudo muda, menos as nossas crenças.
Obrigada Noel.

4 comentários:

Ti Coelha disse...

Bem, se este foi um Natal sem cheiro de Natal, sem nada que parecesse Natal e mesmo assim foi um bom Natal... então é porque foi mesmo um bom Natal. :))

Boas Festas!

Jaqueline disse...

Estou sempre visitando seu site, conteúdo de primeira!!! Adoro!! Descobri na net um blog muito legal:

http://menstruacaoatomica.blogspot.com/

Sucesso.

Beijos,

Jaque

Dedinhos Nervosos disse...

Lindo texto, Re. Meu Natal tb foi bem diferente. Teve ceia antes da meia-noite, algumas trocas de presentes, mas nao teve casa cheia, nem lagrimas, nem mta emocao. Mas foi bom pq passei com as pessoas que mais amo no mundo.
Beijos!

Roberta disse...

Que bom Re...poder ver a vida no seu dinamismo e aceitar o diferente como algo novo e não como ruim...feliz novo ano então e que ele seja diferente como foi o seu Natal e te surpreenda sempre!

beijos!