segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

Notícias fesquinhas

Aqui não tem jornal, não tem rádio local, não tem revista, não tem nenhum veículo de comunicação que conhecemos, assim, não tem como a notícia se propagar a não ser pelo bom e velho boca a boca ou no polpular conhecido como fofoca de vizinho. E como quem conta um conto aumenta um ponto imagine como a notícia chega?
Mas para amenizar este problema existe uma mídia muito eficaz e rápida que a cidade grande deixou de lado por motivos óbvios que é o carro de som, aqui mais precisamente a bicicleta de som.
Atráves do som "mono" ouço as novidades fresquinhas da cidade: Exame de vista grátis na ótica local, o óculos parcelado em 4x sem juros, basta levar RG, CPF e comprovante de residência. Onde? Em frente a Igreja Universal perto da praça da televisão.
Sim gente, existe uma praça onde a televisão é coletiva e Igreja Universal existe em qualquer esquina, mas ótica que faz o exame de vista de graça para toda a população? Eu não sabia que isso podia ser feito. Será que lá tem todos os equipamentos necessários? Bem, a população local ficou feliz e deve ter feito fila na ótica e enquanto esperavam na fila viram TV ou oraram um pouco.
Outro dia, andando pela rua eu ouço umas moças passando e falando: "Vamos lá ver o menino afogado". Eu espichei meu ouvido e pensei: "Que coisa mais mórbida, ver o menino afogado? Será que elas vão ver o corpo estirado lá na beira do mangue? Isso é legal?" Eu, recriminei na minha cabeça, mas depois entendi quando a bicicleta sonora passou anunciando a morte do menino de 2 anos afogado no mangue. Ouvindo a notícia eu pensei que se tivesse um jornal local, mostraria a mãe da criança chorando contando o que aconteceu exatamente, a avó desmaiaria e todo o sensacionalismo que a notícia "merecia" seria mostrada. Mas com a notícia fria sem detalhes ouvida pela bicicleta de som, cabe ao povo que se interessa ir ver de perto, conferir e fazer da sua notícia uma parte da história a ser contada.
Os choques culturais são muito grandes quando se sai de uma cidade como São Paulo e vem morar numa praia de Pernambuco, pois fico indo além e pensando em como será que se sabe se o vereador daqui não esconde dinheiro na meia, ou se a praia teve o dia mais quente, ou notícias simples como a inauguração de um bistrô, ou então o aumento da passagem da lotação. Como que a notícia se propaga quando o assunto é comum de todos? No boca a boca? A bicicleta de som sai anunciando? Haja perna para o menino que anda nela o dia todo com os alto falantes mono estridentes.

14 comentários:

Virgínia disse...

Eu fiquei encantada com as televisões nas praças. Em cada biboca do Ceará tinha uma! E não é que o povo sentava lá para assistir?! Só queria saber quem define o programa! rsrsrsrs Bj

Denise do Egito disse...


Fiquei refletindo sobre o último parágrafo. Imaginando locais ainda mais distantes do Brasil e o que deve acontecer por lá. Será que a corrupção e o roubo correm mais frouxo que no Rio e em SP?
Um beijo

Daniel Ribeiro disse...

Imagina se a bicicleta falante encorporar classificados?

Vai fazer sucesso..rs.

Para notícias mais fresquinhas, com foto e tudo...internet..rs.

bjus

Ana disse...

Ah lembra quando eu tava ai? Que a bicicleta de som passou anunciando que "a familia x convida para o velorio e enterro do seu ente fulano de tal?"

Fiquei chocada!!!

Cláudia disse...

Parece João Neiva, a cidade onde minha mãr nasceu! Quando morreu o dono do supermercado, eu estava de férias lá e minha tia me arrastou pro velório!

Imagina o quanto voce deve estar falada, com esses dois maridos!

beijo

Renatinha disse...

Virginia,
O programa acho que é sempre Globo... aqui não pega outra coisa mesmo... rs
beijos

Denise,
Acho que nestes lugares onde o povo tem menos informação mais se rouba... Pois ninguém fica sabendo mesmo... Imagina só, aqui onde moro é o maior PIB de Pernambuco e é assim, imagine nas cidades outras cidades?
beijos

Daniel,
Internet? Vc acha que a polpulação daqui tem computador? Dinheiro para pagar uma internet? Que site sai as notícias daqui? Nenhunzinho... rs
beijos

Ana,
É verdade... Anunciaram o velório na bicicleta de som, imagina se é uma pessoa amiga e descobre assim que morreu seu amigo? Sem contar que a bicicleta gosta de passar as 6 da manhã, no susto mesmo....
beijos

Clau,
Vc já foi em velório de estranho? hahahaahha Pelo menos a bicicleta ainda não anunciou que eu tenho 2 maridos... rs
beijos
Re

Dedinhos Nervosos disse...

Uma vez eu fiz um texto pra bicleta. O maldito do cliente encafifou de colocar um tiozinho circulando com o spot e acabou sobrando pra mim, acredita??? Pior foi quando vi o tal tiozinho. Além do som, ele tinha 1 isopor na frente vendendo sacolé (chup-chup pros capixabas).

Periférica disse...

Menina,você mora no fim do mundo!!Isso é bom(risos).
Gosto de ler teu blog,beijos fui.

ANNA disse...

Hahahaha!
Re, quando eu for te visitar vou pedir pro tio da bicicleta passar anunciando que eu estou chegando na cidade!
Porque depois do transplante parcial de coxa e bumbum que eu e a Cláudia vamos fazer eu vou querer mais é ir pra praia mostrar o resultado! Hahahaha
Beijo
urbAnna

Cris Goiatá disse...

Oi Rê, sumi né???Vc também!!Mas também com dois maridos...fica difícil!!!kkkkkkk!!!Realmente vc deve estar morando fora do globo terrestre,hahaha, e ainda existem lugares assim...passei pra deixar um beijo, e te convidar a me visitar!!

Renatinha disse...

Dedinhos,
Quer dizer que vc já foi culpada por invadir a casa de estranhos com propagandas em bicicletas? afe... que decepção... rsrsrsr
brincadeira que o cara aproveitou que estava pedaland mesmo e vendeu um picolézinho? rsrsrsrs
beijos

Periférica,
Moro sim, onde o mapa faz a curvinha e o mundo se esquece de nós... rs
beijos

urbANNA e Claudia,
resposta conjunta para vcs... Olha coloco anúncio sim para avisar que vcs estão chegando e contrato os seguranças da praia para preservarem vcs dos ataques dos fnas, se quiserem tb, chamo Zézinho como guia da noite Porto galinhense... rs
beijos

Cris,
Verdade... estamos sumidas... que bom que vc apareceu, vou aparecer tb por lá... beijos
Re

Katarina disse...

Re, Tudo bem?
Sempre que posso leio seu blog, e isso aconteceu logo depois de ler o texto que fala dos pilotos da Stock Car..
Bem, to curiosa, pra onde vc foi e fazer o que, se me permite perguntar!!
Manda noticias!!
Bjs

Priscila - Vicar

Teka disse...

Acho que passei uns 40 minutos lendo seu blog hoje pela manhã... gostei muito!
Eu adicionei na lista de blogs que eu sigo... se não depois eu esqueço o endereço e não acho mais..rs
Se tiver algum problema é só me falar que eu tiro!
Beijos e ótimo domingo!!

Renatinha disse...

Oi Priscila,
Aquele texto, foi engraçado, né? Que burrinha que eu fui confundir Thiago Camilo com um motoboy... rs
Bem, eu vim morar em Porto de Galinhas e viver, fazer nada além de viver, meu marido tem uma pousada aqui e é isso. Ainda buscando algo produtivo para fazer da vida, mas por enquanto a regra é tomar sol, curtir a vida e ver no que dá...
beijos para vc e para todos da Vicar.

Teka,
Obrigada! Que bom que gostou do meu blog. Vou lá te conhecer e te visitar.
beijos e obrigada pelo carinho
Re