quinta-feira, 24 de junho de 2010

É inevitável,

Impossível não pensar no famoso "e se". E se eu tivesse dito aquele não ou aquele sim, talvez. E se eu tivesse acordado mais tarde, dormido mais cedo, saido apressada ou feito tudo com calma. E se eu pegasse a rua errada, o sinal abrisse, o carro engasgasse. E se eu não tivesse te visto, não tivesse te ouvido, não tivesse te amado. E se eu optasse pelo duvidoso ao invés do certo, se eu escondesse meu sentimentos, meus medos. E se eu não escutasse, me calasse, aceitasse, omitisse. E se num certo dia eu tivesse desaparecido, mudado de foco, mudado de vida. E se eu resolvesse que era a hora certa e não a hora errada. E se a vida tivesse me obrigado a voltar atrás, juntar meus cacos, coração em frangalhos. E se na hora do adeus, eu tivesse dito até logo, até breve, te ligo amanhã. E se por causa disso eu estivesse sofrendo, angustiada, amedrontada. E se eu fugisse. E se eu chorasse. E se eu berrasse. E se eu implorasse. E se eu me materializasse, saisse do pedestal, perdesse meu ar misterioso. E se eu resolvesse ler ao invés de escrever. E se eu ouvisse tudo a seco, engolisse. E se eu acreditasse no seu para sempre. E se eu ainda te amasse, se ainda sentisse sua falta. E se... a saudades apertar e eu ainda quiser deitar ao seu lado durante a sesta? E se, meu pai, eu ainda acordar com saudades e pensar em te ligar? E se?

3 comentários:

Vivi disse...

Se tudo isso, não seria você.
Rê, momento de saudades, né...
Fico até triste de ler... Imagino quando for minha vez...e me solidarizo com vc...
Beijo carinhoso,
Vi

Dedinhos Nervosos disse...

"E se" faz parte da vida de qualquer pessoa. Infelizmente não podemos voltar no tempo, como nos filmes... o negócio é sempre tomar as atitudes sendo fiel a própria natureza. Mas e se mudar de vez em quando for melhor?

Tenho certeza de que seu pai sempre respeitou as suas escolhas. Fica com Deus.

Bj.

VaneZa disse...

Acho que só é possível ser feliz se descartarmos esses "e se" da nossa vida. É o tipo de lamentação que massacra a gente, e normalmente não faz bem à saúde física, mental e espiritual.

beijozZZ