sexta-feira, 21 de maio de 2010

Eu escrevo

Eu escrevo para não esquecer, escrevo para lembrar, para anotar, para não apagar o que foi importante. Escrevo para que a memória reviva, eu revivo. Escrevo pois sempre gostei de falar. Escrevo pois nunca fui prolixa. Escrevo para ler, para contar, para trocar.
Escrevo, pois sou teimosa, sou persistente, sou cabeçuda e sofro de amnésia precoce não diagnosticada cientificamente pois chamam isso de distração.
Escrevo pois quem escreve liberta, põe pra fora, desabafa, descarrega, desinibe, desmente, reprova, aprova.
Escrevo pois a saudade às vezes aperta, apavora, cresce e algo parece explodir.
Escrevo pois às vezes na minha mente bagunçada acho que escrevendo tudo se organiza, os pensamentos fluem e eu leio e me entendo. Escrevo pois fico orgulhosa de ver que mais alguém lê, é vaidade.
Escrevo o que penso, às vezes sem a travinha da censura o que já me causou alguns desconfortos. Certa vez escrevi sobre a família talibã, a facção da minha família que briga por tudo, eles leram e eu, me ferrei, falei mal de uma mocinha do trabalho, acreditam que ela leu? Maior rebuliço. Mas escrevo mesmo. Falo mal dos meus hóspedes, mas não deixo de escrever. Adoro escrever, digitar, soltar, desabafar.
Vou continuar escrevendo enquanto minha cabeça mandar, enquanto as ideias aparecerem, ou enquanto eu quiser desabafar.
Obrigada por me lerem, obrigada pelo incentivo e pela amizade que faz com que o "passei dos trinta" complete hoje 4 anos de vida.
Obrigada

17 comentários:

Paula Nigro disse...

Escrevo para te dar parabéns pelos 4 anos de vida.
Escrevo para dizer que acho que, em julho, o meu blog "Não é prá ler" fará 1 ano de morte.
Escrevo para dizer que faz tempo que não te escrevo.
Escrevo para dizer que sou lacônica.
Escrevo para dizer que não sei escrever coisas interessantes.
Escrevo para dizer que é bom ter gente que escreve coisas interessantes para que eu possa ler.
Escrevo para dizer que, ultimamente, só o que tenho escrito tem sido a minha monografia e relatórios de estágio para a faculdade.
Escrevo para te dizer que adorei o teu post.
E escrevo agora um beijo!

Paula Nigro disse...

"Eu escrevo sem esperança de que o que eu escrevo altere qualquer coisa. Não altera em nada... Porque no fundo a gente não está querendo alterar as coisas. A gente está querendo desabrochar de um modo ou de outro..." Clarice Lispector

P.S.: Dia 19 de julho de 2009 foi a minha última postagem...

Bel disse...

Oi linda!! Passando para dizer que tem promoção lá no blog. Vai lá depois!! Bjos e bom final de semana!

Nem eu sei bem... disse...

Leio, leio, leio e leio! Adoro seu blog menina!!!
Parabéns pelos 4 anos de blog!

Beijão

Mimi disse...

q bom q vc escreve, adoro! leio sempre.. parabéns!

Lady Di disse...

Re
Eu tambem escrevo ....Continue escrevendo e sendo uma dona de estimação otima para seus peludos !!

Cláudia disse...

Ah, aniversário do Passei!
Vamos comemorar no After Dark, lógico.
E não é que muitas vezes, depois que a gente escreve, as coisas perdem um pouco do seu peso?
beijo

mc disse...

Você escreve, a gente lê! Parabéns!!!
Qto a escrever coisas que as pessoas não querem ler, acontece. E pelo jeito vc lida muito bem com isso (melhor que eu, pelo menos - que me censuro e até deleto textos que pisaram no calo de alguém)
bjs

UrbAnna disse...

E eu adoro ler vc!
Pode escrever muito que eu estarei sempre lendo e adorando!
E pode contar com minha amizade sempre.
Apesar desse jeito meio torto da nossa amizade (internet), eu te considero uma amiga muito querida!
Beijo e boa semana pra vc!

UrbAnna disse...

E parabéns ao Passei dos Trinta!!!!
Uhuuuu!
Se eu pudesse (ah, que bom seria), ia comemorar com vc no after dark!
bjo

Manusen disse...

nossa, concordo totalmente. Escrever é a melhor forma pra vc não surtar!! Ajuda a arejar a cabeça e alivia muito a mente. E o bom é que não precisa fazer sentido nem nada. Basta escrever *-*

E continue escrevendo, que a gente adora ler!!

Vivi, só comentadora disse...

Parabéns RÊ!!!
Fico mto feliz e vejo que te acompnho realmente há muuuito muito tempo, desde o início e me dá muito prazer ler o q vc escreve.
Fora desabafar, como a Cláudia falou, ler os outros cria um sentimento de empatia, compaixão, igualdade... pois todos nós estamos na eterna luta em busca de nós mesmos e da paz... o que nos faz passar por muitas fases semelhantes, ainda que em diferentes momentos.
Parabéns de novo!
E continue sempre, hein! Não nos deixe só...!rs
bjs
Vivi

Marta disse...

Parabéns, querida!
E, q bom q vc escreve tanto!
Eu adoro!
Bjks

Roberta disse...

Parabéns Re!

Como eu disse há tempos, você foi uma grande estimulo para que eu iniciasse meu blog e escrever pra mim era antes um distencionamento, hoje e isso e mais tudo o que você escreveu.

Obrigada estimuladora!!

Kakaya disse...

Aaaaaaaah!Que legal!
Tem 1 ano e tanto que estou aqui acompanhando!
Parabéns!

Dedinhos Nervosos disse...

Que bom que vc escreve, Rê! Que bom que eu tenho vc para ler sempre, para me alegrar com as suas histórias e peripécias. Lembro que entrei aqui através do texto da Noviça Rebelde e nunca mais parei. Parabéns pelo niver de 4 anos.

O engraçado é que comecei a escrever sobre isso tb, mas nem tenho coragem de continuar, depois que li o seu! ahah Talvez no niver do meu blog, em setembro.

Beijos e continue escrevendo! :o)

Pri Sganzerla disse...

Lindo isso!

E parabéns pelo aniversário do blog!

Continue escrevendo porque é m,uito bom ler você. :-)

beijos!