terça-feira, 8 de julho de 2008

Aos 89

Minha tia Alice tem 89 anos.
Nunca casou. Solteira. Morava com a irmã mais velha, também solteira. Que já morreu.
Aposentada. Advogada. Viajou o mundo. Sozinha.
Teve uma vez um italiano apaixonado por ela. Faz tempo... Isso foi nos anos 50.
Então, combinou com um amigo viúvo para os dois se casarem.
Assim os bens iam para ele. Casamento de mentirinha. Nunca tiveram nada. Apenas bons amigos. Ele? 72 anos.
E assim chegou o dia do casamento. Só no papel, só de aparência.
Mas recebeu flores com um cartão romântico. Ganhou brincos e anel de brilhantes.
Trocaram alianças. Cada um foi para a sua casa.
E todos os dias desde então ela recebe flores dele.
Ele quer se casar na igreja. De verdade. E ela, está feliz da vida.
Casou aos 89 anos, provando que nunca é tarde para começar a viver um grande amor. Nunca.

29 comentários:

isaBela araújo silvA disse...

nossa Re, que puta história hein... me emocionei aqui... isso daria um belo curta. manda um beijo especial pra sua tia e diz que sou fã dela a partir de agora.

Re disse...

Isabela,
Lindo né? E inacreditável ver que onde vc menos espera pode estar seu grande amor... Ainda bem que descoberto aos 89...
beijos
Re

Gabriel disse...

Parabéns para Tia Alice e seu(dela)amigo viúvo!
Enquanto isso, o "casal-modelo" deste blog, Otto e Negrini se separaram...
Foi urucubaca do Blog??? rs
Bj, Boboca!

Re disse...

Gabriel Boboca,
Eu ia falar isso mas achei que pudessem dizer que o blog rogou uruca, achei que ia ser ruim para a imagem deste dignissimo blog.
Quero dizer que Otto não se separou por minha causa, na verdade, nem por causa do streep mal feito durante o show. A relação estava desgastada, enfim...
Vamos falar da tia Alice e seus 89 anos descobrindo o amor!!!
beijo Bobocona Mor.

Paula Nigro disse...

Re,
que história linda! Originalíssima.
E de alguém muito próximo de você. O máximo!
Beijos com suspiros.

Re disse...

Paula,
Lindo né?
Estou muito ansiosa para ir no casamento oficial na igreja. Do jeito que a tia é animada vai entrar de noiva.
beijos
Re

Cláudia disse...

Amei a história, e a tia Alice não pode perder a chance de usar vestido de noiva no grande dia de jeito nenhum!
Muito menos você de tirar uma foto bem linda dos noivos e colocar no blog.
Felicidades para os dois!
beijo

Ana disse...

Olha só, quer dizer que ainda tenho esperança...
:P

ANNA disse...

Lindo mesmo! Mais legal ainda foi ela ter vivido plenamente a vida sem ter ficado esperando por alguém. Super exemplo para a gente que fica se lamentando...
Antes tarde do que nunca. Tomara que eu não tenha que esperar esse tempo todo.

beijos

Virgínia disse...

Parece até história de filme, Re! Para a gente ver que a felicidade não tem hora para acontecer, nem idade. O importante é sorrir para a vida que temos e parovietá-la ao máximo! PARABÉNS AOS NOIVOS! Bj

DIGO disse...

Adoroooooooooooo, gente que historia e essa? Eu fiquei tocado, muito bom mesmo isso. Eu cheguei nos 30 e ainda me sinto um adolescente babaca que sonha com que aquela pessoa por quem vc paga pau lhe de apenas um oizinho singelo pra salvar seu dia. Eu vivo esperando esse alguem. Quero um dia tb ter historias boas e bonitas pra contar, mas vou cuidar de mim e viver minha vida primeiro. E olha que eu vivo combinando com uma amiga da gente casar e ser feliz junto, caso nossos homens nao tomem uma atitude, haha
beijos

Cláudia disse...

Essa coisa de resolver casar de uma hora pra outra, sei não... tia Alice corre o risco de ficar falada na vizinhança.

ANNA disse...

Parabéns para a tia Alice e sua vontade de viver!
Que eles sejam loucamente felizes juntos!

É Clau, tb acho perigosa essa história de casar de uma hora para outra. O que os vizinhos não vão falar? Hahahahaha

Beijos
(urb)Anna

Re disse...

Clau,
Pode deixar que se ela casar de noiva, faço questão de colocar uma foto dela...
beijos

Ana,
Esperança... SIM!!! Sempre podemos ter, olha a tia Alice? Acha que ela desistiu? Nunca!
beijos

Anna,
O melhor foi isso mesmo, ela viveu bem, não parou a vida a espera de um amor. Não aconteceu, então ela foi feliz, viajou, trabalhou, construiu a vida, viveu. Mas no final teve a surpresa de um grande amor...
beijos
Re

Re disse...

Virginia,
É verdade, temos tanto que aprender com os mais velhos... Eles sabem viver...
beijos

Digo,
Bem vindo ao blog! Olha, não adianta esperar pelo príncipe, ele nunca chega. Mas a vida acho que nos faz enxergar outros lados dos príncipes, onde o cabelo ruim logo cedo e o chulé fazem parte....
beijos

Clau,
Ela vai ficar falada, também temos este medo... Sabe que carioca é tudo assanhadinha.... rsrsrs
beijo

UrbANNA,
Também espero que sejam muito felizes....
beijos
Re

MH disse...

A MEU, QUE COISA MAIS BONITINHA.
Putz, fiquei emocionado...droga, to ficando veio e choro com qq coisa.

rsrs

Re disse...

MH,
Solta este choro... o amor é lindo!
rsrs
beijos
Re

Karlinha disse...

No mínimo inusitado!!!

DIGO disse...

Oie, eu de novo, hehe
Adicionei seu blog como um dos meus favoritos, sei la me identifico com pessoas que ja nao tem 20 e poucos anos, haha.
Eu cheguei nos 30 e adorando a vida balzaca.
Tenho um blog novo agora, da uma visitinha tb, esse e em portugues

http://digoman.blogspot.com/

beijos

Zagaia disse...

será que eu tenho que aprender alguma coisa com ela? As vezes eu penso que já tenho 32 e achoq ue não dá tempo mais de nada... um absurdo...

Re disse...

Karlinha,
Inusitado não... Amor sincero não tem idade.
beijos

Digo,
Que bom que seu blog agora é em português, confesso que entrei no outro e fiquei meio com cara de coxinha de preguiça de raciocinar na gringa! Mas vi o post sobre threesome, eu AMO este filme. A tilha sonora, TUDO.
Obrigada pelo link, vou lá conhecer.
beijos

Zagaia,
Será que aos 89 é que aprendemos o verdadeiro sentido disso tudo? Do amor? Da vida?
Se for, antes tarde do que nunca.
Viva o amor, né? meu devoto de Santo Antônio preferido...
beijos
Re

Lala disse...

Coisa mais linda a história da Tia Alice. Não paro de pensar nela desde terça!

Que ela seja feliz, pra sempre, amém!
Bjs

vivi disse...

Ai, Rê!
Que lindo!
Que emoção...!!!
Fico tão feliz com histórias de amor...este meu lado canceriano é viciado em amor...droga.
rs
beijão, linda.
saudades!

Ptisa Molodói disse...

Nossa !!! Que coisa linda !!!!!!!!!!
Adorei mesmo ! Realmente nunca é tarde pra recomeçar !
Bjs

Dedinhos Nervosos disse...

E não é que veio de onde ela não esperava? Achei essa história linda, linda, linda! Eu tb quero ver as fotos, tá?
Bjos!

ANNA disse...

Re, domingo tem aquele programinha cafona que a gente gosta... Miss Universo! Hahaha

Mulher Solteira disse...

Ai, Rê... você é mesmo uma romântica incurável, hein?

... Somos duas... hihihihihi :)

Beijão, querida.

Re disse...

Lala,
Que fofa... mas vc tb vive um grande amor.... Só falta ele criar coragem para fazer o pedido....
beijos

Vivi,
Que saudades... Cancerianos são assim, adoram a vida romiantica!
beijos

Ptisa,
O amor é lindo!
beijos e volte sempre
Re

Re disse...

Dedinhos,
linda demais. Ela vem para SP esta semana com o "marido-noivo" Vou ver s etiro fotinhos... rsrsrs
beijos

Anna,
Eu vi, torci, muito para a Colombiana, mas a da Venezuela era mesmo divina.
Adoro que mais alguém gosta de Miss....
beijos

Cris,
Acreditar no amor é ter esperança na humanidade. Ou não? Por isso que gosto de vc. Acredita tanto no amor quanto eu.
beijos
Re