segunda-feira, 28 de julho de 2008

Não é justo. Eu sei.

Não queridos. A vida não é justa. E nunca será. Jamais.
A escolha que fiz em ter cachorros antes dos filhos deve me fazer ser uma pessoa odiada para muitos. Mas algumas pessoas esquecem seu passado, daonde vem, quem são, pelo simples fato de terem tido um filho. Adoro criança. Amo de verdade. Odeio os pais das crianças. Pronto falei.
No elevador tinha uma mocinha muito simpática sempre comigo. Amava meus cães. Ela engravidou. Teve filho. E agora me xinga pois meus cães não são limpos, puros ou dignos o suficiente para andar com o imaculado bebê dela. Que aliás eu muito fina nunca disse: - Olha, seu filho é feio sim e eu não aguento mais este seu sutiã cor de pele aparecendo. E antes que eu me esqueça, vá pentear o cabelo.
Fica a dica. O cor de pele não quer dizer invisível. E sempre sutiã cor de pele será feio. Ainda mais aquele que abre para o peito sair para dar de mamar. Feio! Feio! Não me obrigue a andar perto de quem usa este sutiã com uma roupa "tomara que caia", ou neste caso “Deus me livre se cair”.
Ufa. Estou mais leve. Respira.... Passou.

21 comentários:

R. disse...

Pior que cor da pele e alça de silicone com tomara q caia, como se ninguem tivesse vendo né? Transparente é q nao fica, o contrario, aparece mais ainda.
O ó....

Re disse...

R.,
O pior mesmo é que a alça dele é cor de pele.... Afe.
Socorro!!! E alça de silicone que fica suja?
Não! Pára. respira....
rsrsrsr
beijos
re

"a" MH disse...

Eu também escolhi ter cachorro antes de ter filhos. E pais são irritantes. Sutiã cor da pele é horrível. Quase como alça de silicone (que também não é invisível). e se vc tem que ver o bebê feioso, o sutiã bege e o cabelo despenteado, ela que aguente seus simpaticíssimos cães. humpf!

Re disse...

a MH,
Obrigada por me entender!!! Meus cães lindos agradecem.... De raiva vou paquerar o marido dela... rsrsrsr (brincadeirinha, ou não)
beijos
re

Gabriel disse...

Pronto! Agora também sou blogueiro!

Garotas de Vinte e Poucos disse...

Concordo com a R., pior são os de silicone (silicone??? paáára!)
E, não abomino cor da pele, mas é melhor deixá-los pra privacidade de sua casa, e pra quem mora em prédio, como eu, é bom lembrar que elevador não é sua casa, é local público, área coletiva!!

Bjo

*Lala*

Amarilis disse...

Adoro cães e filho. Saudade dos meus caninos que já foram para o céu (snif)... Mas, voltando, liga não, um dia desses sua vizinha simpática lembra quem ela é. Rola mesmo umas estranhices quando a gente tem filho, mas depois de uns anos passa. rs. Beijo.

Virgínia disse...

Ninguém merece aguentar esse tipo de mãe! A mulher ficar neurótica: desinfeta tudo, passa álcool nas pessoas, olha de cara feia se a gente tenta se aproximar! CREDO! Quero ver quando o rebento for para a creche, aí sim vai ficar divertido. Um resfriado atrás do outro, para ela aprender que a vitamina S é a salvação da vida! ahduahudh Bj

Cláudia disse...

E aquelas que dão o peito pro rebento no meio do xópei, como se peito tivesse deixado de ser peito só porque ela virou mãe, e depois, enquanto a criancinha arrota, fica lá, aquela blusa abertona, peito pra fora pingando leite... ô falta de compostura!

Ensina Peteka e Zezinho a soltar pum no elevador quando ela estiver dentro! vingancinha...

beijo

Dedinhos Nervosos disse...

Nossaaaaaaaaa... ninguém merece as mães mesmo. E quando a gente ouve: "é pq vc não tem um filho". Para ficar desse jeito? Cruz, credo! Tô com vc, Rê.
Bjos!

Re disse...

Gabriel,
Bem vindo ao mundo dos blogs.
beijos

Lala,
Obrigada por me entender. Entender meu ódio!!!! rsrsrsr
beijo

Virginia,
É isso mesmo! Uma vez estava no elevador e a mulher falou para eu não respirar em cima do bebê dela. Minha vontade era espirrar, tossir, cuspir... afe...
beijos

Clau,
Apoiado. Desde quando o peito passou a ser apenas mamadeira. É peito poxa. E no meio da rua ou do Xopin, ninhuém mostra os peitos é atentado ao pudor. Cadeia!!!
Vou ensinar sim... rrsrsrs
beijos

Dedinhos,
Ufa! Tava com um medo das pessoas acharem que sou má... rsrsrsr
beijos
Re

Pinho disse...

Pais de filhos pequenos são sempre um saco. Entram nos lugares olhando para as pessoas esperando um sorriso ou alguma demonstração de que gostaram do pentelinho.
Tem a certeza de que os filhos sao lindos e que, quem não tem,não é uma pessoa digna de continuar vivendo.
Não tenho bichos nem filhos em casa, e não quero nenhum dos dois.

Re disse...

Pinho,
Tem esta tb. Esperam sempre um sorriso seu.
Assuma logo, seu filho pode não ser tão bonito a ponto de me fazer sorrir.... rsrsrsrsr
beijos
Re

ANNA disse...

Hahaha!
Eu vivo falando mal de mães que esqueceram que são mulheres e acham que agora são só mães...
Que o peito agora é só uma simples mamadeira, que o filho dela é a coisa mais importante para o mundo inteiro... Afe! Isso me cansa.
Sem contar nas neuroses que algumas desenvolvem. Minha cunhada era tão neurótica quanto as mães que a "virgínia" descreveu, fazia a gente passar alcool na mão e no braço antes de pegar a menina, faltava só mandar colocar máscara. Isso deu altas encrencas na família que não estava habituada com tanta frecura. Vê se me poupa né?!
Mas Re, querida, como eu já passei por essas chatices todas com pessoas muito próximas eu prometo que eu nao vou ser assim tá?
E se algum dia vc desconfiar que eu esteja ficando neurótica ou que tenha esquecido de ser mulher pode me puxar as orelhas com muita força!
Beijo
(urb)Anna

Re disse...

urbANNA,
Pode deixar que puxo mesmo sua orelha... rsrsrsr
Adoro crianças sem frescura, que são livres, felizes... Me desinfetar para ver um bebê, não faz sentido... E esquecer de ser mulher, muito menos....
Obrigada!!! 1 futura mãe me apoia! Ufa. Missão cumprida. rsrssrs
beijo grande
Re

Daniele disse...

Hehe...

Abaixo cor da pele!
Abaixo cor da pele!
Abaixo cor da pele!
Abaixo cor da pele!
Abaixo cor da pele!

Ufaa, bem mais aliviada em fazer parte do seu protesto, aliás o conjunto descrito foi uma verdadeira aberração, sorte que não mencionou se o bebezinho estava "cherosinho"...imaginem...

Quanto ao cachorro, não se sinta "aperreada", também escolhi antes dos filhos...

*Bjus*
Dani

Karlinha disse...

Confesso que tenho muito medo de ser uma mãe que passa álcool na mão dos visitantes, afinal, foi quase um ano experiência em laboratório de Microbiologia, tenho várias neuroses já.Mas quando me pego pensando em paranóia com filho, lembro que se sujar faz bem, como aquelas propagandas de OMO!kkkkkk!
Mas quanto aos cães, sou Veterinária e garanto.Nenhum problema em dividir o elevador com os bebês.
Ah, só pra constar.Futuras mamães, não deêm ouvido quando o médico disser pra vocês abandonarem o cãozinho!!!Não se pega toxoplasmose de cão!!!!!Ah não ser que você, por mero desejo de grávida, resolva comer seu auau, e ainda assim, só se for mau passado!

Ufa!

ANNA disse...

É isso aí, Karlinha!
Minha médica mandou eu ficar longe de cães e gatos, mas pergunta se eu obedeci?
Não tenho cachorro em casa, mas tenho a minha labradora na casa dos meus pais e um coker que me adora na casa dos meus sogros...
E eu adoro brincar com eles e nao deixei de brincar e abraçar e quase rolar no chão com os bichos (com os cães, pois gato eu não sou muito fã mesmo). Cuido pra não comer carne mal passada, mas nada de deixar os cães de lado!
Beijo
(urb)Anna

Re disse...

Dani,
Obrigada por apoiar meu protesto. Me sinto menos mal, menos solitária no mundo.... rsrsrsr
beijo

Karlinha,
Vc é veterinária? Como assim? Meu sonho.... uma amiga veterinária!!!!
beijo

urbANNA,
É isso mesmo.... Nada de abandonar os peludos pelos sem pêlos... rsrsrsr
beijos
Re

Ana disse...

Ah Re, deixa essa vaca pra lá (pronto, é vaca, falei!). Mal sabe ela que criança que convive com animais é muito mais saudável, cria anticorpos e muito mais normal. Pior são crianças que as maes querem colocar numa bolha, e depois viram adultos problematicos!!!
PS: tb ODEIO mulher que da de mamar em publico, fazfavor!

Flavia Coradini disse...

obrigada pelo apoio, Re.
não aguento mais essas mães ditadoras.
não tinha lido este.
aliás, ando tão sem tempo.
mas eu volto. prometo.

beijocas